Home Page

Olá aventureiros!

Esta é a página do Vale da Pena, uma campanha de D&D que descreve histórias ambientadas no mundo fantástico de Forgotten Realms – Os Reinos Esquecidos. Iniciada 2006, quando a terceira edição foi publicada no Brasil, essa série de aventuras ambientadas nas Terras dos Vales foi aos poucos se transformando em algo mais consistente e digno de nota.

Nesta primeira seção, você terá a disposição vários tipos de informações sobre esse cenário e algumas informações úteis que também podem ser encontradas no site Os Últimos Dias de Glória. A primeira coisa que sugerimos a fazer é conhecer os personagens, mapas e itens mágicos já criados pelos jogadores. Depois, conhecer um pouco mais sobre como a história chegou até aqui e consultar nossa timeline para se iterar da cronologia dos eventos.

O VALES E A CORTE ÉLFICA

No coração das Terras Centrais de Faerun existem comunidades rurais conhecidas como Terras de Vales. Essas pequenas comunidades agrícolas são o lar de muitos aventureiros aposentados e de novos heróis e heroínas. Ensinando auto-respeito e liberdade, as comunidades dos Vales cultivam uma nação corajosa, forte e independente, virtudes úteis na luta contra o mal.

As Terras dos Vales são demarcadas, também, pela floresta que circundam. Essa floresta é o maior fragmento do que antes era uma enorme selva conhecida como Cormanthor, que abrangia a área que ia do Mar da Lua até a atual Floresta do Rei, em Cormyr. Essa grande região verde também é conhecida como Corte Élfica. Falar de um reino é falar de outro, pois o destino dos homens dos vales e dos lordes élficos estão interligados.

As Terras dos Vales

O VALE DA PENA

Esse Vale compreende as férteis terras ao longo do Rio Ashaba, que vai da Ponte da Pena até as Cataratas da Pena. Suas fazendas produzem grande parte da alimentação básicas dos Vales e as famílias são compostas por pessoas muito esforçadas. Elas não tem tempo para matar dragões, lançar magias e caçar tesouros, pois estão sempre ocupadas criando o seu gado ou cuidando da lavoura. Os homens e as mulheres de Vale da Pena são os mais simples e sensíveis dos povos dos Vales.

Nessa região, não há líder nem exército – ela se recuperou há pouco do breve domínio do Vale da Cicatriz. Os fazendeiros são independentes e auto-suficientes e só vão até Vale da Borla em busca de suprimentos “urbanos”. O Vale envia ao conselho um representante eleito, que cumpre um mandato de sete anos. A atual representante é a segunda da linhagem de Kirshoff a servir como tal. O consenso é de que o cargo continuará sendo dela, pelo menos enquanto quiser.

Cataratas da Pena
CAPITAL Nenhuma
GOVERNO Democracia
RELIGIÃO Lathander
POPULAÇÃO 15 mil habitantes
(85% humanos, 10% halflings, 2% meio-elfos, 1% elfos, 1% anões, 1% gnomos)
IMPORTA Armaduras, armas, óleo e produtos manufaturados
EXPORTA Queijo, milho, grão, carne salgada e vegetais
TENDÊNCIAS NB, N, CB
HERÓIS

  • Lady Gwendolyn • Feit. 10 / Cond. Fogo Primordial 10
  • Jallian, o Lorde da Manhã • Clérigo de Lathander 13
  • Maxmillian Branford • Guerreiro 15 / Ranger 5
  • Joshua Tansden • Bardo 10 / Discípulo do Dragão 10
  • Ghevallin • Druida 10 / Ranger 10 / (elfo)

LINHA DO TEMPO

Apresentamos aqui a relação dos acontecimentos importantes da campanha do Vale da Pena. Os eventos relacionados estão mesclados a alguns acontecimentos oficiais de Forgotten Realms e algumas adaptações. Todas as datas são baseadas no Cômputo dos Vales (CV).

-450 Fundação de Myth Drannor pelos altos lordes da Corte Élfica em uma região de grande concentração mágica da floresta de Cormanthor sob a proteção arcana do Mythal, um escudo impenetrável de encantamentos arcanos.

-200 Nasce Pelendralar, o mitológico e mais poderoso dragão vermelho da história dos Vales. Também chamado de O Imortal, Destruidor, Algoz de Cormanthor e Fogo Eterno

-100 Surgem as primeiras fazendas humanas nas áreas férteis que circundam a floresta de Cormanthor. Forasteiros se estabelecem e às vezes são alvo de grupos errantes de monstros

-50 Depredação causada por revoadas de dragões adultos liderados por Pelendralar começa a ser combatida e, depois de perder alguns aliados, o dragão vermelho é aprisionado

1 Erguida a Pedra do Acordo entre humanos e elfos, que pode ser vista onde a estrada do Mar da Lua encontra a estrada de Rauthauvyr, que vai de Essembra até Colinas Distantes

20 Fulga de Pelendralar com ajuda de traidores que a partir de então se tornariam seus novos seguidores. Surgem complicações que contribuem para queda do Mythal de Myth Drannor

76 Aliança entre Pelendralar, demônios, drows e goblinóides começa a produzir soldados para as fileiras do Exércio da Trevas. As três relíquias são criadas.

112 Data de criação do mais antigo mapa já conhecido a região que abrange o reino de Cormyr e dos Vales, ainda preservado por estudiosos de história em Waterdeep

261 Myth Drannor abre suas portas para todas as raças

661 Apogeu de Myth Drannor

694 Nasce Veldrin, o drow

712 Início dos ataques do Exércio da Trevas liderados pelos nicaloths em Myth Drannor

714 Queda de Myth Drannor. Desentendimentos entre os líderes do Exércio da Trevas

715 As relíquias do Exércio da Trevas são separadas e perdidas

720 Reunião dos deuses no Local das Danças (Vale Alto) para fundação dos Harpistas

796 Depois de uma infestação de vampiros, o Vale Feliz muda seu nome para Vale da Adaga

800 Auge da influência dos drows no atual vale Ashaba

834 Castelo da Derrota é construído na fronteira do Vale das Sombras

864 Destruição do Castelo da Derrota pelos drows

896 Grande pobreza e fome. Guerras espalham-se. Surgimento de líderes fortes

902 O Culto do Dragão cria os primeiros dragões lich

906 Drows expulsos da Torre Retorcida e fundação da cidade do Vale das Sombras

940 Ashaba, o primeiro lorde do Vale das Sombras desaparece no rio

994 Nasce o mestre anão Delvar Ironfist em Abrigo de Gunthor, nos Picos do Trovão

1018 Vingança de Pelendralar. Destruição ao sul, batizando o Vale da Batalha, no coração da floresta (Vale da Névoa) e ao norte do Vale das Sombras durante a fúria dos dragões

1029 Pelendralar é destruído por um guerreiro chamado Aencar

1030 Aencar torna-se general do Vale da Batalha

1035 Veldrin envenena Aencar

1038 Aencar inicia a unificação dos Vales e recebe o título de “O Rei de Manto”

1044 Aencar morre em uma luta contra o esqueleto lich de Pelendralar. Os Vales separam-se em comunidades independentes, mas continuam aliados.

1045 Arrependimento de Veldrin

1186 Nasce o trovador meio-elfo Norvus Folha Seca

1236 Nasce Ghevalin

1336 Nascem Joshua/Gwen

1345 Caravana Vistani consegue asilo nos Vales do norte

1350 Nasce o meio-elfo Gaius

1355 Chegada de uma família de Magos Vermelhos no Vale da Pena

1356 Guerra contra o Vale da Cicatriz. Nascimeto de Dragmus

1357 Revoada dos dragões. Joshua reaparece transformado e ataca o Vale da Pena

1358 Tempo das Perturbações

1365 Ataque dos Cultistas do Dragão. Dragmus enviado para escola Harpista (Costa da Espada)

1385 O ano atual

Home Page

Vale da Pena_RELOAD GuilhermeAvila